Páginas

sexta-feira, 29 de abril de 2011

1º Video da sequência Viagem ao Canada 2011!

Pois é, gente, 5 da matina, um sono dos infernos, e como bom brasileiro, deixei pra ultima hora, era a última oportunidade de fazer o vídeo antes da viagem, pois já estava desmontando o computador pra vender. Mas é isso, tá registrado. Começa aí a série de vídeos dessa viagem de imigranturista ao Canadá.

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Bom Dia Brasil divulga o interesse do Canadá por imigrantes brasileiros


Edição do dia 13/04/2011
13/04/2011 08h21 - Atualizado em 13/04/2011 15h38
Canadá busca no Brasil profissionais que estão em falta em Quebec
São oportunidades de emprego para enfermeiros, médicos, economistas e muito mais. Os salários vão de R$ 5 mil até R$ 10 mil por mês.


video

Faltam enfermeiros e economistas. Em praticamente todos os cargos de nível superior, há vagas, mas não no Brasil. O Governo do Canadá veio ao país buscar mão de obra qualificada. É que a população está envelhecendo rapidamente, e a mão de obra não está sendo reposta. Por isso, representantes do ministério da saúde do Canadá estão no Brasil para recrutar profissionais que queiram trabalhar e viver na província do Quebec. A maior procura é por enfermeiros.
Muitos brasileiros querem ir para o Canadá. Eles estão interessados em imigrar e buscar trabalho naquele país, mais especificamente para a província de Quebec, com oito milhões de habitantes, 25°C no verão e -20°C no inverno.
“Está um pouco difícil de morar em São Paulo. Você demora três horas no transito para ir e voltar, então lá é para ter mais tranquilidade e ser mais reconhecida na minha profissão”, explica a fisioterapeuta Amélia Barbosa.
“A renda per capta lá é muito alta e também para ter uma melhor qualidade de vida, porque aqui em São Paulo é muito corrido”, reforça o estatístico Marcio Maciel.
“Vim conhecer o programa, ver se é interessante. Meu amigo me falou bastante bem”, diz a enfermeira Naide das Neves Santos.
Muitos foram ouvir os representantes do Ministério da Saúde de Quebec. Hoje o objetivo é recrutar enfermeiros formados, a maior carência profissional da província canadense. Todos os hospitais do estado têm vagas para enfermeiros. Eles oferecem salários que vão de R$ 5 mil até R$ 10 mil por mês, além de todos os direitos de um cidadão canadense.
“O profissional brasileiro vai sair do Brasil primeiro com um visto permanente, que dá maior amplitude de direito. A pessoa estará e será de igualidade com o cidadão local. Ela vai ter também um apoio tanto na busca do emprego gratuitamente quanto para aprender o francês. A pessoa vai ter uma ajuda para aprender francês no Brasil e continuar a aprimorar no Quebec”, conta Gilles Mascler, assessor de relações públicas do escritório do governo do Quebec.
Primeiro, a população enriquece e depois envelhece. Essa costuma ser a sequência na história da civilização. Esse é o problema de Quebec. Em 2030, 27% das pessoas terão mais de 65 anos de idade. Faltam jovens que garantam a continuidade do trabalho e da vida.
“Eu acho que pode ser interessantíssimo tanto pela experiência quanto pelo resultado”, opina Samuel Braz De Oliveira, técnico em áudio e assistente financeiro.
Em Quebec também há vagas para as áreas de administração, bioquímica, contabilidade, engenharia civil, estatística. O candidato deve ter formação de tecnólogo ou diploma universitário, conhecimentos de francês e, de preferência, até 35 anos. Famílias já formadas, com filhos inclusive, são especialmente bem-vindas.



Preparativos pra viagem - PROCURAÇÃO

Notícia boa pra quem vai viajar e precisa deixar uma procuração! Você não precisa perder seu tempo com serviços e prazos de cartórios lotados, com suas práticas prosaicas e antigas. Não precisa lidar com funcionários insatisfeitos e insuficientes, com seus olhares detestavelmente altivos, como se o rei morasse no poder dos seus grampeadores. Afe... chega deu tremedeira na espinha.

Bem, como alguns já sabem, eu estou indo para o Canadá, trocar 6 meses de espera do processo federal de imigração por 6 meses de aprendizado, de adaptação, de francês e do que a vida me oferecer.

A verdade é que quase todo mundo aqui de salvador vai resolver este assunto em cartórios. Sendo sincero, de todos os que perguntei, recebi a mesma resposta: "Vai no 1º ofício, lá no comércio". Há quem diga que só se resolve lá. Então tá bom, eles começam a atender às 8 da manhã, e é por ordem de chegada. Cheguei às 8 em ponto, paguei 12 reais de estacionamento, mas vamos nessa! Não tinha ninguém na fila, olha que belezura! Mas também não tinha ninguém pra atender. O responsável zé oreba só foi chegar às 9 horas, com uma cara de "me deixe aí, na moral", pra me dizer que o prazo de entrega daquele papelzinho com o carimbo sagrado era de 20 e poucos dias, ou seja, o risco de eu viajar sem ter a procuração era grande, então ele me deu um número de telefone do SAC da Avenida Paralela e sugeriu que eu ligasse pra lá, pois ali haveriam "20 desocupados procurando o que fazer", palavras da santíssima entidade, o escrivão do senhor, meu camarada "Atrasado Brasileiro Me Deixe da Silva". Ele não poderia me fazer favor maior.

Liguei pro Sac (0800 71 5353), marquei um horário para as 10:20 do dia seguinte. Cheguei com 25 minutos de antecedência, peguei a senha na recepção, e quando olhei para o monitor, não acreditei, já estava lá a minha senha, passei direto para o atendimento e fui recebido por um sorriso genuinamente baiano, com muita educação e competência, descobri que ao invés de 4 procurações, eu só precisava fazer uma! Além disso, ela me orientou a colocar coisas que eu nem havia lembrado, e no final, me pediu pra pagar os 13 reais e fração num guichê do Banco do Brasil, ali mesmo no SAC (dois caixas disponíveis e ninguém na fila). Saí com a minha procuração feita, carimbada e assinada em incríveis 30 minutos (alguém lembra daquele prazo de 20 e poucos dias citado pelo camarada de outrora?). Pois é, 30 minutos, não sei se acordei com o monossilábico virado pra lua, mas fiquei impressionado com a rapidez e facilidade do serviço desburocratizado.

Mais tarde descobri que, além do 0800, você pode marcar um horário também pelo website do SAC Paralela. Devem haver outros serviços desse pelo Brasil, então, o conselho é: "procure, pois vale a pena."

A quem interessar, estou disponibilizando o modelo da procuração de plenos poderes que fiz óbviamente com um monte de censura, que ninguém aqui é goiaba. Basta clicar na figura ao lado.



terça-feira, 12 de abril de 2011

"Demora do Federal" rima com "tô indo pra Montreal"

Bem, cansei de esperar! O seguinte é o negócio: eu estou me preparando pra passar 6 meses lá no Québec durante este ingrato período onde nós, filezinhos brasileiros, estamos pendurados na corda da morosidade, dando corpo ao ingrato perfil de carne do Sol da mais quente e insalubre fatia de sertão.

O processo federal está cada vez mais lento. Lembro que, quando comecei a me preparar,  a média de espera do federal era de 8 meses, isso passou pra 10, depois pra 12, e hoje já ouvimos do pessoal do consulado que o prazo será de 14 meses, pois os sistemas estão sendo substituídos e isto está causando o atraso.

Resolvi fazer isto por alguns motivos. O mais forte deles é a ansiedade necessidade de adiantar o processo da forma que me cabe. Sabemos que os primeiros meses no exterior são de dura adaptação, à língua, aos costumes, valores, serviços, etc. E isto interfere diretamente nas chances de se posicionar rapidamente no mercado de trabalho e na sociedade. Bem, eu sai do trabalho pra me preparar pra essa imigração, faço hoje um freela ou outro pra ajudar nas contas, e os custos que tenho aqui são praticamente os mesmos que terei lá, com uma diferença fundamental: motivação. Sendo assim, pretendo ir agora, pra fazer parte do que eu faria ao chegar em Montreal como imigrante: aprimorar o francês, começar a formar uma network pessoal e profissional. Enfim, vou fazer estágio de imigrante.

Sei que não será uma experiência fácil, nem barata, mas estou preparado pra lidar com isso, e certamente esta experiência vai me ajudar um bocado, além das chances de boas portas se abrirem.

Na sequência, vou fazer um post pra explicar o processo que estou seguindo pra tentar garantir o visto de turista, ou visto temporário.

terça-feira, 5 de abril de 2011

Estudo Psicológico de Imigrantes segundo o tempo de imigração


Este post é de suma importância a todos que estão imigrando ou já o fizeram! Então, fiquem à vontade para se obrigarem a ler assim que desejarem, desde que seja agora! Leiam, pra depois não vir ninguém chorando no meu pé do ouvido achando que imigrar é ruim, que "eu quero minha mãe", que isso não vai passar nunca, blá blá blá.

Pois bem, a tabela abaixo é a tradução de uma pesquisa feita pelo Clarke Institute of Psychiatry de Toronto, e trata-se de um estudo psicológico feito com milhares de imigrantes em diversas períodos da imigração.

Vocês vão perceber que existem horas em que as trevas dominam o way of life, mas calma! Sem pânico! Um dia os sorrisos retornam ao coração.

Se eu não tiver comido mosca na tradução, ele poderá, certamente, nos ajudar a perceber, compreender e superar com sucesso cada etapa deste período de imigração que começa quando colocamos os pés no nosso novo país.

Cliquem na tabela pra ampliar, respire, conte 1, conte 2, conte 3, e JÁ!